Apresentação

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Convidado 2018- Claudio Frydman

Claudio Frydman



Claudio Frydman é músico e professor, nascido no Rio de Janeiro (RJ). É bacharel em flauta transversal pela UNIRIO (na classe de Laura Tausz Rónai); na mesma instituição foi aluno de flauta doce de Helder Parente. É Mestre em Musicologia histórica (EM-UFRJ, 2008) e Doutor em Teorias e Práticas Interpretativas (IVL-UNIRIO, 2014). Já participou de masterclasses de flautistas como Aurèle Nicolet, Sandra Miller, Conrad Steinmann, entre outros, além de Festivais de música como Juiz de Fora e Curitiba, onde estudou flauta transversal barroca com Lívia Lanfranchi e Ricardo Kanji. Entre 1999 e 2004 integrou o Grupo Fontegara (com Helder Parente e Fernando Moura). É membro fundador (2002) da Camerata Quantz, hoje Orquestra Barroca da UNIRIO (OBU), onde permaneceu até 2015. Já formou duos com cravistas como Eduardo Antonello e Clara Albuquerque, além do pianista Jorge Vergara; hoje integra o Studio 415, grupo de câmara dedicado ao Barroco. É autodidata no estudo de flautas chaveadas de sistema simples e entusiasta de seu repertório (antes do império do sistema Boehm, na
segunda metade do século XIX).

Convidado 2018 - Pauxy Gentil-Nunes

 Pauxy Gentil-Nunes


Compositor e flautista. Mestrado em Composição e Doutorado em Línguagem e Estruturação Musical. Professor de Harmonia, Análise e Composição na Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atividade contínua com obras musicais executadas e gravadas no Brasil e no exterior. Prêmios consecutivos com comissões para as Bienais Contemporâneas da Música Brasileira – 2013 e 2015 – pela Fundação Nacional das Artes – FUNARTE. Participação, em 2015, como conferencista e compositor na EXPO 2015 Milano. Participação como compositor nos CDs Orquestra Sinfônica Nacional interpreta Compositores de Hoje (2016) e  Trio Paineiras interpreta Compositores de Hoje (2017). Participação no Festival Internacional RC4  com o espetáculo de sua autoria, Liberjongo (2017). Membro do grupo de pesquisa MusMat, focado em aplicações de modelos matemáticos em composição. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Membro do ABSTRAI Ensemble desde 2011.

Convidados 2018 - Duo Madeira Rio

Duo Madeira



O duo foi criado no começo de 2017, formado pelo flautista Felipe Braz, que é Flauta solo da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, professor no Projeto Música nas Escolas e professor no Conservatório de Música de Nitéroi (RJ), formado pela Unirio onde estudou com o Prof. Dr. Sérgio Azra Barrenechea e o violonista Matheus Maciel, professor de violão e formado em Licenciatura em Música pela UBM e Bacharelando pela Ufrj.
Em um recital realizado pelo violonista Matheus Maciel em Barra Mansa, se encontraram e tiveram a ideia de formar o duo com um repertório variado. A proposta do duo é divulgar a música de câmara erudita brasileira e popular e também a divulgação de novos compositores, para a formação de flauta e violão.
O Duo Madeira Rio fez seu primeiro concerto em umas das principais salas de concertos de Niterói, o Solar do Jambeiro e tem se destacado pelo seu virtuosismo e pela simpatia com o público. Seu repertório é formado pelos compositores: Piazzola, Maximo Pujol, Tedesco, Marco Pereira, Roberto di Marino,Francisco Mignone entre outros,tiveram a participação no 1º Festival Internacional de Música em Barra mansa, onde participaram de masterclass com os professores Eduardo Monteiro, professor de flauta da UFRJ e Graça Allan, professora de violão da UFRJ.

Convidado 2018 - Nilton Moreira

Nilton Moreira





Nilton Moreira é um flautista brasileiro das Minas Gerais. Ele representa a nova geração de flautistas emergentes na comunidade musical brasileira. Sua carreira é destacada pela interação entre música popular e clássica, atuando na cena popular e também tocando repertório clássico, com Orquestras e
grupos de câmara. Nilton Moreira é doutor em Música pela UNIRIO, mestre em Performance musical na UFMG e Bacharel em Flauta Transversa pela Escola de Música da UFMG. Atualmente é professor do Departamento de Música da UFJF. Nilton participou de vários festivais de música,: Convenção NFA (Charlotte - EUA, 2012), a Convenção AFE (Sevilla - Espanha, 2014), James Galway Festival (Weggis - Suíça), Curitiba Music Festival (Brasil, 2003). Destacam-se na carreira de Nilton apresentações internacionais como: Concerto na Indiana University (EUA), na Convenção do Centro Latino- Americano de Música em 2012; show em Montreal (Canadá), com o grupo Patuá, no teatro MAI, em 2016. 
No ano de 2017, Nilton lançou o CD “Entremeando” no World Flute Festival, (Argentina), na Universidade de Aveiro (Portugal); no Espacio Incluir (Chile) e no Centre des Musiciens du Monde (Canadá). Em 2018, Nilton se apresentou no Canadá, na Sala Koerner Hall (Toronto) e no Conservatoire de Montréal; se prepara ainda para tocar em mais dois eventos internacionais: National Flute Association (Orlando, EUA) e Dutch Flute Association (Holanda). Nilton é membro fundador do Club du Choro de Montréal (Canadá). Ganhou o prêmio de 2o lugar no Concurso Artista Jazz no Congresso da National Flute Association, nos Estados Unidos, em 2018. Nilton Moreira participou de outros concursos, com as seguintes premiações: No ano de 2003 ganhou os concursos Jovem Solistas da UFMG Foi vencedor também do concurso Jovem Músico BDMG, onde realizou um recital na Fundação de Educação Artística, em Belo Horizonte.
 Em 2004 foi finalista dos concursos Weril para sopros. Foi finalista também do concurso Henrique Niremberg de música de câmara. Em 2005 ganhou o concurso Jovem Instrumentista BDMG e o concurso “Orquestra para Todos” da Orquestra
Sinfônica Brasileira, onde, através desse concurso, participou de um estágio e realizou um concerto com a OSB, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro em dezembro de 2005. Estudou improvisação com o professor Mauro Rodrigues, como premiação pelo concurso Jovem Instrumentista BDMG. Nilton gravou um CD com o Sexteto Patápio Silva, contendo várias composições de Patápio Silva. Nilton também atuou como arranjador e produtor deste CD. Foi flautista da Orquestra da UFMG e da OSB Jovem. Já atuou também como músico convidado junto à Orquestra Filarmônica de MG, Orquestra Sinfônica Nacional e Orquestra Ouro Preto.

Convidada 2018 - Paula Martins

Paula Martins







Mestre em Ensino das Práticas Musicais, desenvolveu no PROEMUS (UniRio) sob a orientação do professor Dr. Sérgio Barrenechea, um método direcionado ao ensino da flauta transversa para crianças até 12 anos de idade denominado Flauteando. Bacharel em Flauta Transversa pela UFRJ, estudou com os professores Eduardo Monteiro e Afonso Oliveira. Participou de Masterclasses com diversos flautistas, entre eles: Rogério Wolf, José Ananias, Michael Faust, Jacques Zoom e Emmanuel Pahud. Como professora, desenvolve um trabalho de ensino da flauta transversa para crianças no Projeto Música nas |Escolas, na cidade de Barra Mansa.

 

sábado, 27 de outubro de 2018

Programação do 3o Encontro Carioca de Flautas
15 de novembro de 2018 - Instituto Villa-Lobos - UNIRIO

A Programação para o 3o Encontro Carioca de Flautas está simplesmente maravilhosa! Venham celebrar conosco, no dia 15/11/2018 no Instituto Villa-Lobos, o fazer flautístico em uma interessante gama de possibilidades.

9:00 às 11:00 Workshop Flauteando com Paula Martins – Sala Alberto Nepomuceno

10:00 às 12:00 Masterclasse com Odette Ernest Dias – Sala Villa-Lobos

12:00 às 13:00 – Concerto Solar – Sala Villa-Lobos
Michele Manica e Nilton Moreira

14:00 às 16:00 – Workshop de improvisação – Nilton Moreira – Sala Villa-Lobos

16:00 às 18:00 – Mesa-redonda – Sala Alberto Nepomuceno
Pauxy Gentil Nunes, Claudia Castro, Marcelo Lacerda, Odette Ernest Dias e Celso Nascimento

18:00 às 20:00 – Concerto Lunar – Sala Villa-Lobos
Carlos Maltas, Claudio Frydman, Odette Ernest Dias, Carlos Rato, Pauxy Gentil Nunes e Andrea Ernest, Duo Madeira Rio (Felipe Braz da Silva e Matheus Maciel)