Apresentação

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

sábado, 31 de outubro de 2020

Rodrigo Cicchelli - convidado


Rodrigo Cicchelli é Bacharel em Composição Musical (1984-1990) e em Flauta Transversa (2010-2014) pelo Instituto Villa-Lobos da UNIRIO e Doutor em Composição Musical pela University of East Anglia (1991-1996), tendo seguido também o Cursus de Composition et d'Informatique Musicale do IRCAM (1995-1997). Premiado nacional e internacionalmente por sua produção, é professor do Departamento de Composição da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro desde junho de 1998, atuando na graduação e na pós-graduação, tornando-se Professor Titular em 2016. Desde 2010 produz e apresenta pela Rádio MEC FM os programas "Eletroacústicas" (2010-2019) e "Contemporâneas" (2020- ao presente), num convênio entre a UFRJ e a EBC. Seus interesses de pesquisa envolvem a música eletroacústica brasileira e a música contemporânea em geral.

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Michele Santana Manica - convidada



Michele Santana Manica é mestre em Práticas Interpretativas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) sob. orientação do Dr. Sérgio Azra Barrenechea. É Bacharel em Sopros - ênfase : flauta transversal -na UFRGS, sob orientação do Prof. Dr. Leonardo Loureiro Winter. Iniciou seus estudos musicais tocando flauta-doce, com a professora Cláudia Dreyer, e posteriormente flauta transversal, com o professor Rodrigo Carraro. Concomitante estudou de canto, violão e continuou os seus estudos e flauta-doce no Projeto Prelúdio da UFRGS. Participou do Coro Infantil da OSPA, pelo qual se apresentou na Ópera Carmen, Carmina Burana e Ópera O limpador de Chaminés sob regência de Túlio Belardi e direção teatral de José Paulo Vasconcelos. Atuou como solista frente a Orquestra do SESI/FUNDARTE, após ser selecionada no concurso para jovens solistas em 2010 e 2013. Fez parte do conjunto de flautas transversais ARSIS realizando diversas apresentações no Rio Grande do Sul em 2010. Tem participado de festivais de música como Femusc, Oficina de Música de Curitiba, Festival de Inverno da Unisinos, FIMP e de mastercalsses com renomados professores como Michel Debost, Alain Daboncourt, Lucas Robatto, Maurício Freire, Danilo Mezzadri, Michel Bellavance, Carol Wincenc, Philippa Davies, Ranson Wilson entre outros. Participou da organização das quatro edições do Encontro Carioca de Flautas e como convidada da III e IV edições. Atualmente é doutoranda na área Teoria e Análise da Interpretação Musical do programa de pós-graduação em música da UNIRIO, sob orientação do Prof. Dr Sérgio Azra Barrenechea.

Claudia Ernest Dias - convidada

 

Claudia Ernest Dias é formada em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ - pelo IFCS – Instituo de Filosofia e Ciências Sociais. Professora de história da SME- Secretaria Municipal de Ensino do Rio de Janeiro desde 1986. Professora dos Seminários de Música Pro Arte desde 1980 onde leciona flauta doce. Estudou com Helder Parente e Homero de Magalhães Filho nos Seminários de Música Pro Arte e na Escola de Música de Brasília. Fundadora e diretora juntamente com Tina Pereira do grupo Flautistas da Pro Arte, projeto patrocinado pela Petrobras desde 1995. Este projeto tem como objetivo fundamental o ensino da Educação Musical através da música popular brasileira. Dirigiu várias apresentações dos Flautistas da Pro Arte em vários teatros e espaços culturais do Rio de Janeiro e em outras cidades brasileiras com Brasília, Belo Horizonte, Ouro Preto, São João Del Rei, Parati, Campos, Macaé e Rio das Ostras. Participou em 2006 do FIB – Festival Internacional de Brasília como professora de flauta doce e diretora dos Flautistas da Pro Arte. Representou o Brasil na Áustria em 1990 e 1995 e também em Pretória na África do Sul em 1998. Realizou como diretora dos Flautistas /Orquestra de Sopros da Pro Arte vários espetáculos com obras de K- Ximbinho, Luiz Gonzaga, Milton Nascimento, Luiz Eça e Guinga entre outros em diversos teatros da cidade do Rio de Janeiro. Idealizadora do Festival Sanfoneando realizado no Centro Cultural do Banco do Brasil em homenagem à Sivuca em abril de 2011. Participou da direção artística dos CDs Festejo, com a participação dos artistas João Bosco, Guinga, Egberto Gismonti e Gilberto Gil, do Duas Sanfonas da Orquestra, da Orquestra de Sopros Pro Arte com Marcelo Caldi e Kiko Horta, juntamente com Raimundo Nicioli, Luiz Potter e Lourenço Vasconcelos. Vencedora do prêmio FAM (Fundo de Apoio à Música) da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro com o espetáculo Sanfoneando em homenagem à Sivuca

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Roseli Moutinho - convidada


Roseli Moutinho é mestranda pelo PROEMUS da Unirio (2020), bacharel em flauta pela UFRJ (2009). Fez parte da OSB Jovem (2006-2008), onde atuou como solista com o Concerto para flauta em Sol Maior, de Mozart. Tem experiência como musicista de orquestra e banda sinfônica. Atualmente é Sargento músico da FAB e professora de jovens flautistas.